8.1.11

com o tempo




Desapaixonar-se dos medos.
Dos nãos que secam a alegria de viver.
Alimentar-se de memórias deliciosas e conversas entre você e suas saudades.
Dessas que ninguém pode tirá-las de ti.
Apaixonar-se por um sorriso. Por alguém. Por uma ideia louca
que você pode ser na vida de alguém. Apaixonar-se por você.
Descobrimos com o tempo que as palavras mais comuns
são as mais deliciosas de serem ouvidas.
Às vezes dificílimas de serem ditas.
Descobrimos com o tempo que afinal pouco é muito.


Vanessa Leonardi

.

5 comentários:

  1. lindíssimo blog.
    Estou seguindo, beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá Vanessa,
    Vim fazer uma visitinha e
    gostei muito do que vi
    por aqui!
    Parabéns pelo blog!
    Voltarei mais vezes!

    Lndoo o post,
    É preciso nos dar
    a oportunidade de se renovar
    sempre, de nos permitir,
    sem com isso esquecer
    das nossas mais doces
    lembranças...

    Beijos flor!
    Tenha um
    Domingo abençoado!

    ResponderExcluir
  3. Somos as vírgulas e detalhes. Suspiros na nuca, e toques na pele.

    ResponderExcluir
  4. Olá querida,borboletiando por aí e achei teu blog.
    Tudo tão humano,fofo...
    Estou te seguindo e prometo voltar sempre...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Uma das partes mais difíceis e mais necessárias é apaixonar-se por si mesmo..

    beijo :)

    ResponderExcluir